Goulash… a sopa húngara que nutre e conforta

Scroll down to content

O Goulash é um prato bem aromático, quente e acolhedor. Verdadeira comida de conforto que pude degustar in loco, uma vez que regressei há pouco tempo de uma semana espetacular em Budapeste.

Cozinhar é um ato de afeto, para si mesmo ou para os outros, e o Goulash é um daqueles pratos bem comfort food. Quentinho, ensopado, simples e que acalenta.

É um prato tradicional da Hungria e faz referência aos guardadores de bois do século IX chamados de “Gulyas”. Surgiu com o transporte de carne dentro dos Odres, um recipiente feito de couro de animal (geralmente cabras), que conservava líquidos e alimentos.

As carnes eram cozidas com temperos e cebola e depois secas no sol  para aumentar a sua duração. Só então eram guardadas nos Odres que acompanhavam os boiadeiros, servindo como alimento para onde eles fossem.

Quando estavam acampando, os guardadores de bois preparavam uma espécie de sopa, um cozido utilizando a carne armazenada, água e rábano.

O prato fornecia a dose de nutrientes necessária para repor as energias que o trabalho exaustivo demandava e também aquecia o corpo nas baixas temperaturas húngaras. Era preparado numa espécie de caldeirão de ferro que era carregado junto aos cavalos e colocado sobre as fogueiras.

as

Ingredientes

  •  800 g a 1kg de carne de vitela em cubos
  •  3 unidades de tomate maduro
  •  2 unidades de cebola branca
  •  1 unidade de pimentão vermelho
  •  4 dentes de alho
  •  4 unidades de cenoura
  •  4 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1/2 colher de chá de cominhos
  •  1 colher de sopa de paprica picante
  •  1 pitada de sal
  •  1 pitada de pimenta preta
  •  80 g de banha ou 5 colheres sopa de azeite
  • 2 copos de água
  • 500 g de batata
  1. A carne de vitela deverá ser cortada em cubos
  2. Tempere a carne com sal e pimenta e envolva em farinha, para que o goulash fique mais espesso.
  3. Numa frigideira ou num tacho largo, coloque a banha/azeite e salteie a carne até ficar ligeiramente dourada. Reserve num prato.
  4. Na mesma frigideira, cozinhe a cenoura cortada em rodelas, o pimentão vermelho e a cebola, ambos picados finamente, em fogo alto durante 5 minutos.
  5. Acrescente a esta base do goulash húngaro os tomates ralados, de forma a obter a polpa, a paprica e os cominhos. Continue cozinhando em lume alto por mais 5 minutos.
  6. Adicione novamente a carne, a água, a batata aos cubos e tape com uma tampa. Cozinhe durante 25 minutos em lume médio e retifique o sabor com sal e pimenta.
  7. O seu goulash húngaro está pronto a ser servido e saboreado!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: