Ando definitivamente numa onda italiana. Ontem foi spaghetti cá em casa. Hoje cannoli. Andava, há séculos, com vontade de meter a mão na massa e experimentar este clássico italiano que se presta a múltiplos recheios. A receita desta massa estaladiça, que faz lembrar os nossos coscorões, encontra-se abaixo e serviu de mote à comemoração do Dia da Mãe.

Estes cannoli, que desapareceram num ápice, foram recheados com um creme feito de queijo ricotta e mascarpone, pistácios e compota de framboesa. Só vos digo que são uma delícia!

Ingredientes para a massa

  • 2 chávenas de farinha de trigo
  • 2 colheres de chá de açúcar branco granulado;
  • Pitada de sal;
  • 2 colheres de sopa de banha (ou manteiga);
  • 1/2 chávena de vinho Marsala doce (Moscatel ou Angelica)
  • 1 clara de ovo;
  • Óleo (para fritar)
  • 1/2 colher de chá de canela (facultativo)
  • tubos metálicos ou canas de bambu

Podem também optar por em vez de fazer a massa comprar a embalagem com discos de massa tenra ( traz 12) da marca Pasta do Dia

Preparação

Peneire os ingredientes secos para um alguidar ou tigela.

Junte a banha ou a manteiga e misture até que a massa fique com um aspeto grosso e granulado.

Junte o vinho e a clara de ovo e amasse bem até formar uma bola.

Envolva a bola de massa em película aderente e leve ao frigorífico cerca de duas horas.

Preparação da massa

Peneire os ingredientes secos para um alguidar ou tigela.

Junte a banha ou a manteiga e misture até que a massa fique com um aspeto grosso e granulado.

Junte o vinho e a clara de ovo e amasse bem até formar uma bola.

Envolva a bola de massa em película aderente e leve ao frigorífico cerca de duas horas.

Retire do frigorífico e volte a amassar a massa.

Corte-a em 4 pedaços e estenda-a com o rolo da massa até ficar com uma espessura de 0.5 cm e 10 cm de diâmetro.

Com um copo ou taça corte a massa.

Pincele os tubos metálicos com um pouco de óleo, sem encharcar, e envolva um disco de massa em cada tubo sobrepondo a massa no cimo e pressionando para unir.

Leve a fritar em óleo bem quente durante 2 minutos.

Retire e escorra ao alto em papel de cozinha.

Deixe arrefecer.

NOTA: Depois de arrefecer, estes canudos podem ser guardados numa marmita hermética até uma semana e manter-se-ão estaladiços.

Recheie com o seguinte

1 embalagem de queijo ricota ( 200g) (fiz com natas vegetais)

1 embalagem de queijo mascarpone (200g)

açúcar em pó até obter a consistência desejada para colocar no saco de pasteleiro

1 colher de chá de aroma de baunilha

compota de framboesa

pistácios picados

NOTAS:

Também pode usar raspa de laranja em vez da baunilha e amêndoa granulada em vez dos pistácios.

Também pode decorar alguns com pepitas de chocolate ou missangas para bolos

Bata os queijos com a batedeira até se apresentarem cremosos.

Como fiz com 1 pacote de natas vegetais, bati primeiro as natas e só depois juntei o queijo mascarpone e bati novamente.

Juntei a baunilha e fui adicionando o açúcar em pó aos poucos e batendo ao mesmo tempo.

Junte os pistácios picados. Envolva. Reserve.

Coloque este preparado num saco de pasteleiro com um bico largo estrela e recheie os cannoli apenas de um lado e até meio do canudo de massa.

Com uma colher, coloque duas colheres de chá de compota no extremo vazio do cannoli e sele-o enchendo-o com mais recheio.

Decore as pontas de creme com pistácios ou com pepitas de chocolate.

Polvilhe os cannoli com açúcar em pó.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: