Hoje é sábado e, por ser fim de semana, tenho o pretexto ideal para fazer uma sobremesa. Que bela desculpa arranjei eu para fazer o sacrifício de confecionar uma sobremesa!😂 Aqui em casa até ouço muitas vezes: “Mas que necessidade havia de fazeres isto? Tu provas e depois nós é que acabamos por comer tudo!” A verdade é que eu tenho mesmo gosto em cozinhar para depois fotografar.

Como diz o ditado, “o melhor da festa é esperar por ela”, ou seja, são todos os planos de preparação da mesma que vamos fazendo antes do dia da festa que me entusiasmam. A verdade é que com o blogue começo a viver as quadras de festa bastante antes delas acontecerem, porque adoro testar receitas para partilhar convosco, quer sejam folares doces ou salgados, massa sovada ou pão-de-ló.

Ontem, partilhei, nas redes sociais, o pão-de-ló de Ovar, uma receita que fiz no ano passado, que se caracteriza por ser cremoso no centro.

Hoje, trago-vos o pão-de-ló tradicional, aquele mais “aguentadinho” ao jeito de bolinho. Incluí-lhe uma raspinha de limão. Ficou delicioso.Optei por fazê-lo pequenino (come-se menos) só para “não ouvir nas orelhas”. Decorei-o com fios de ovos e tenho ali (mas eles ainda não sabem) doce de ovos acabadinho de fazer para barrarem a fatia.

Vou fazer um chazinho de néveda para acompanhar.

Para já deixo-vos a receita super rápida e fácil.

Pão-de-ló

– 6 ovos

– 200 g açúcar

– 150 g de farinha com fermento (usei Branca de Neve)

– 1 colher de café de fermento para bolos- raspa de 1 limão pequeno

Pré-aqueça o forno a 200ºC (apenas resistência inferior)

Bata as gemas com o açúcar até formar um creme cremoso e muito fofo.

Junte a farinha e o fermento peneirados. Bata mais um pouco, só até incorporar. Junte as raspa de limão.

Bata as claras em castelo. Envolva-as com uma espátula na mistura anterior com cuidado para não retirar muito o ar delas.

Coloque o preparado numa forma de buraco pequena, untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Reduza a temperatura do forno para 180ºC e marque 35 minutos no temporizador.

Após esse tempo, faça o teste do palito. Se vier seco, está pronto.

Deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Escolha um bom livro, faça um chazinho e delicie-se com uma fatia de pão-de-ló.

Os mais gulosos (como eu) vão de certeza barrar a fatia com doce de ovos.

Curiosidades sobre o pão de ló

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

<span>%d</span> bloggers like this: