A ementa das Festas do Espírito Santo

Scroll down to content

A tradição continua a dar cartas nestas ilhas atlânticas. As promessas feitas em aflição ao Divino Espírito Santo espalham por estes dias fartura, pelas ruas e junto aos Impérios. A crentes e descrentes é distribuído o pão, o vinho e a massa sovada. São festas que apesar da mudança dos tempos se mantêm  iguais a si mesmas. São nossas na sua inabalável genuinidade.

Este ano, apesar da chuva persistente, eu e os meus filhos quisemos manter os rituais que desde pequena temos em família e fomos “correr bodos” – como se diz por aqui. Passámos por vários impérios e foi-nos ofertado pão caseiro e pão-de-leite, sem nada pedirmos. A nossa presença constitui alegria para quem com devoção prepara as festas. Inicia-se a missa com o cortejo da coroação, a procissão com os mordomos e os fiéis, a bênção do pão na despensa do império e finalmente a distribuição do pão pelas ruas em açafatas de vimes. O querer dar sem receber é ainda possível nos dias de hoje.

A banda filarmónica anima a festa. Veem-se os conhecidos do ano passado, pessoas que muitas vezes só encontramos de ano a ano. E é sempre com satisfação que nos vemos e trocamos dois dedos de conversa, quase sempre sobre as nossas vidas: o nosso trabalho e  os nossos filhos. Outras vezes, é um  regresso a um passado mais longínquo e recordamos amigos de infância, do liceu  e da universidade. A uns acenamos apenas, mas outros transportam-nos com os seus diálogos para tempos idos que deixam muitas saudades.

As festas do Espírito Santo, celebradas nos Açores, são vividas pela maioria dos habitantes  com um misto de devoção e de oportunidade de para se saborear os pratos típicos desta época. São eles as sopas do Espírito Santo, o cozido, acompanhado de legumes, a alcatra, a massa sovada e o arroz doce.

Poderão encontrar as receitas aqui

Diapositivo3

Diapositivo1

Diapositivo2

Diapositivo5

Diapositivo4

Diapositivo7Diapositivo6

Diapositivo8

Arroz doce

2 Replies to “A ementa das Festas do Espírito Santo”

  1. Cara Patrícia:

    Tenho seguido o seu bolg com muito interesse.

    Encontrámo-nos em Abril de 2017, na Ilha Terceira aquando do lançamento do meu livro – DOÇARIA AÇORIANA. Está recordada?

    Gostava de falar consigo mas não sei se é este o melhor canal. Este mail vai directamente para si ou para os comentários?

    Se vai só para si, escreverei por aqui.

    Abraço

    Teresa Perdigão

    ________________________________

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: