Hambúrgueres da Quinta dos Açores em Pão de Beterraba com chips de batata-doce e chutney de arandos

Scroll down to content

Para mim, as parcerias só acontecem quando eu acredito nos produtos ou nas marcas. Desde que a família Barcelos lançou o projeto Quinta dos Açores que sou cliente da loja e do restaurante. A quantidade de pessoas que adoram os pratos e os gelados servidos nos restaurantes da Quinta dos Açores é cada vez maior. Quando lá vou, e já comentei isto nas redes sociais, a minha maior dificuldade é mesmo escolher de entre uma montra de produtos regionais variadíssima e de receituário já conceituado e consolidado. Se me perguntarem qual é o meu prato preferido quando vou ao restaurante da Quinta, a minha resposta quase imediata é o Bitoque, mas depois penso na Açorianinha, na Salada de Frango Crocante, nos hambúrgeres servidos em bolo lêvedo e volto a ficar indecisa.

O mesmo acontece quando nos aproximamos do momento da sobremesa. Nesta altura, penso no crepe com gelado e, logo de seguida, fico indecisa em relação a que sabor escolher, porque todos são uma perdição.

Como açoriana identifico-me com o conceito que a família Barcelos criou e admiro-os pelo empreendedorismo e pela dedicação a esta empresa de sucesso, que apostou no leite, na carne bovina e seus derivados.

Por todos estes motivos, fico grata por ser parceira da Quinta dos Açores e poder contribuir para a divulgação deste projeto que me acolhe de braços abertos e que confia nas minhas confeções com produtos da Quinta.

107687540_1965103536955031_5641614212096877107_o

Assim, hoje a proposta é integrar os deliciosos hambúrgueres da Quinta dos Açores em pão de brioche de beterraba caseiro, acompanhado com chips de batata-doce, chutney de arandos e salada baby-leaf biológica da Biofontinhas.

Diapositivo2

Diapositivo1

Brioche de Beterraba

Ingredientes para o brioche de beterraba

  • 250 g de  beterraba assada ou cozida a vapor
  • 4 e 1/2 chávenas de farinha de trigo T65 (usei a medida de cup)
  • 1/2 chávena de água morna
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (chá) de sal
  • 50 g de açúcar
  • 1 ovo inteiro
  • 1 gema para pincelar
  • Sementes de sésamo

Ingredientes para o fermento

  • 14 g de fermento granulado
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 50 ml de água morna

Comece por fazer o fermento na tigela onde irá fazer o pão, misturando os ingredientes respetivos. Tape com película aderente e aguarde 20 minutos até que aumente de volume e apresente bolhas.

Bata no liquidificador a beterraba assada, a água, o ovo, o sal, o açúcar e a manteiga, até obter uma pasta homogénea.

Coloque a mistura do liquidificador na tigela do fermento já levedado e vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, misturando com recurso a uma espátula de pão.
Sove a massa mesmo dentro da tigela só até misturar bem e a mesma se apresentar lisa e a descolar da tigela.

Faça bolas com o mesmo peso.

Coloque-as no tabuleiro que irá ao forno, forrado com papel vegetal. Cubra com película aderente e deixe que aumentem de tamanho (30 minutos a 1 hora)

Antes de colocar no forno, pincele os pãezinhos com gema de ovo e finalize com sementes de sésamo.

Leve ao forno pré-aquecido, a 200 °C e coza durante 25 minutos ou até ficar dourado.

Dicas:

  1. Congele o pão que sobrar assim que este arrefecer. Descongele no forno da próxima vez que precisar do pão. Fica muito semelhante ao pão feito na hora.
  2. Pode substituir a beterraba por espinafres ou agrião para obter um pão com coloração verde, por cenoura assada ou cozida, para obter um pão laranja, incluir curcuma, para obter um pão de cor amarela. A massa dos hambúrgueres pode também ser feita com batata-doce e abóbora cozida.

Chips de Batata-Doce

  1. Com recurso a uma mandolina, lamine finamente a batata-doce e leve-a ao forno com umas pedras de sal.
  2. Coloque as batatas num tabuleiro forrado. Pincele-as com azeite e tempere com sal e pimenta.
  3. Leve a assar em forno pré-aquecido a 200ºC,  durante 20 minutos.  Elas devem ficar levemente douradas. Vire a forma de vez em quando para que elas fiquem assadas de maneira uniforme.
  4. Pode optar por fritá-las numa frigideira, em azeite. É um processo bem mais rápido. Neste caso, escorra-as em cima de papel de cozinha, para que fiquem sequinhas.

Chutney de arandos e cebola roxa

  • 6 cebolas
  • 1 embalagem de arandos secos
  • 6 colheres de sopa de azeite
  • 1 folha de louro
  • 2 cravinhos
  • 1 pau de canela
  • pimenta preta moída q.b.
  • 50 ml de vinho tinto de qualidade
  • 50 ml de whisky
  • 4 colheres de sopa de vinagre balsâmico
  • 50 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de chá de sal
  1. Coloque os arandos a hidratar no vinho tinto e no whisky.
  2. Descasque as cebolas, corte-as ao meio e depois em fatias finas.
  3. Leve um tacho grande ao lume com o azeite e as cebolas, e deixe refogar com o lume baixo, até reduzirem um pouco.
  4. Adicione a folha de louro, os cravinhos, o pau de canela e a pimenta preta a gosto.
  5. Quando a cebola estiver bem macia e tiver reduzido bastante, adicione os arandos com o whisky e o vinho, aumente o lume e deixe fervilhar até evaporar o álcool. De seguida acrescente o vinagre e mexa.
  6. Por fim, adicione o açúcar e deixe ferver mais uns minutos até reduzir e caramelizar. Guarde ainda quente em frascos esterilizados.
Dica: Pode substituir os arandos por sultanas ou passas.
Hambúrgueres Quinta dos Açores
  • 4 hambúrgueres de 200 g cada
  • pimenta preta
  • sal
  • 2 colheres de chá de banha de porco
  1. Coloque uma frigideira grill ao lume e deixe que aqueça bem antes de colocar uma colher de banha.
  2. Tempere apenas uma das face do hambúrguer com sal e pimenta.
  3. Depois da banha derreter, coloque dois hambúrgueres de cada vez, com a face temperada em contacto com a base da frigideira.
  4. Deixe que cozinhe em lume médio durante 5 minutos ou até que o hambúrguer esteja com cor acastanhada até meio da altura do mesmo. Está na altura de o virar e de temperar essa outra face com sal e pimenta. Deixe que cozinhe mais 5 minutos.
  5. Esteja atento ao lume. Se o mesmo for muito forte, a carne vai queimar no seu exterior e no interior ainda vai estar crua. Regule-o consoante a potência do seu fogão ou placa.
  6. Se fizer em grelha, na churrasqueira, terá de ter a experiência de controle das brasas para que o mesmo não aconteça.
IMG_20200710_145429
Importante!
1. Antes de servir o hambúrguer doure o pão na frigideira.
2. Corte o pão ao meio.
3. Numa frigideira, coloque uma noz de manteiga, deixe que derreta e toste o interior do pão, para que este sele e não absorva os sucos da carne, evitando assim que amoleça quando se dispõe o hambúrguer nele.
4. Este procedimento concorre para um aumento de sabor e de textura.
Disponha o hambúrguer no pão tostado, coloque em cima deste um pouco de chutney. De seguida, rodelas de tomate e salada baby-leaf. Una tudo com um pauzinho de bambu.
Delicie-se!
Diapositivo4

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: