Arancini de cavala defumada Casa do Portinho

Scroll down to content

Arancini de cavala fumada 4

Arancini de cavala fumada 1

Quando o Tiago e o Tibério me lançaram o desafio de criar receitas para os produtos da Casa do Portinho foi importante conversarmos sobre os produtos e testá-los numa fase inicial sem recurso a confeções.

Para mim, é fundamental degustar o peixe defumado na sua essência para depois pensar em possíveis conjugações em receitas, sem desvirtuar um produto açoriano de qualidade e repleto de personalidade. A este processo de ativação de sentidos segue-se a reflexão, etapa introspetiva que exige silêncio para operacionalizar conjugações mentais, sempre com a preocupação de integrar o maior número de produtos regionais possível, para que a receita continue a ter alma açoriana.

Este processo é acompanhado de muitas tomadas de notas até que a receita comece a ter corpo. Segue-se a reunião de todos os ingredientes, as testagens e as afinações.

Garantido sabor e as diferentes texturas, após a confeção do prato, e na presença de todos os elementos para a degustação há que pensar na apresentação final do mesmo, nas bases de fotografia, nas loiças, nos atoalhados, ou seja, nos props. Seguem-se  alguns desenhos e inúmeras fotografias até passarmos à seleção e edição das mesmas.

O processo de criação é moroso, sempre que se pretende respeitar a integridade do produto. Este caminho também se reveste de alguma ansiedade, porque a aceitação final do nosso trabalho, por parte das entidades que o solicitam, é o culminar de todo este percurso, especialmente quando levamos este trabalho a sério. Valorizar-nos e valorizarem-nos acaba também por acontecer ao mesmo tempo que valorizamos o produto.

 

Arancini de cavala defumada com molho aioli

Arancini de cavala fumada 3

Ingredientes

Para a confeção do arroz

  • Cavala defumada sem pele picada aos pedacinhos
  • 250 g de arroz arbóreo
  • 200 g de cebola cortada em brunesa
  • 3 dentes de alhos grandes picados
  • 50 ml de azeite
  • 1 litro de água quente
  • 200 ml de vinho branco (de qualidade) ou Martini seco
  • 80 g de queijo parmesão ou São Jorge ralado
  • 1 colher de café de açafrão
  • pimenta e sal

Para a fritura dos Arancini

 

  • 1 ovo
  • Pão ralado com alho e ervas
  • Farinha (facultativo)
  • Óleo q.b.

Para o Molho AIOLI

  • 5 dentes de alho
  • 3 unidades de gema de ovo
  • 800 mililitros de azeite virgem extra
  • Sumo de meio limão pequeno
  • Pimenta preta
  • sal

Preparação

  1. Comece por fazer o risoto de cavala defumada.
  2. Refogue a cebola, o alho e o peixe defumado no azeite. Junte o arroz e deixar alourar um pouco. Nessa altura, junte o vinho e deixe o álcool evaporar.
  3. Junte a água aos poucos e mexa sempre até esta ser absorvida e o arroz estar cozinhado. Tempere com o açafrão e com sal e pimenta a gosto.
  4. No final da cozedura, junte o queijo, mexa e retifique o tempero.
  5. Deixe arrefecer completamente antes de começar a moldar os arancini.
  6. Molde bolas com o tamanho de brigadeiros. Se a massa estiver a agarrar muito nas mãos, o que normalmente não acontece se o arroz estiver frio ou refrigerado, pode molhar as mãos com água para facilitar.
  7. Depois de feitas as bolinhas, bata um ovo inteiro com um garfo e passe os arancini pelo ovo e de seguida por pão ralado. Se o arroz não estiver muito consistente, passe as bolas por farinha, antes de passar pelo ovo.
  8. Frite em óleo bem quente e abundante, para que as bolinhas fiquem cobertas e não em contacto com o fundo do tacho. Passado poucos segundos depois de serem mergulhadas no óleo, os arancini ficam a boiar e rapidamente dourados.
  9. Retire-os com uma escumadeira e coloque-os a escorrer em papel de cozinha.
  10. Para fazer o molho aioli, comece por confitar o alho levando a lume baixo uma panela com o azeite e os dentes de alho descascados. É importante não deixar que o azeite ferva, caso contrário irão perder-se parte das suas propriedades. Quando os dentes de alho estiverem dourados, escorra e deixe arrefecer até que o azeite fique à temperatura ambiente. Bata rapidamente no liquidificador o alho confitado com as gemas de ovo. Acrescente lentamente o azeite em fio, sem parar de bater, de forma a obter uma consistência tipo maionese. É muito importante acrescentar o azeite gradualmente, ou o molho irá talhar.
  11. Finalmente corrija o sabor do molho com sal e pimenta e, se quiser, adicione também o sumo do limão.
  12. Sirva os arancini com o molho aioli e com rodelas de kumquat, tangerina ou mandarina.

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: