Tarte de maçã com peru assustado

Scroll down to content
""

bty

Não há nada que dê mais satisfação do que fazer uma tarte “from scratch”. Desde a massa dourada, ao recheio suculento e à cobertura criativa, fazer uma tarte sem recorrer a massas de compra consome bastante tempo. Este facto não deve ser assustador, mas intrigante. E quem não gosta de desafios? Eu gosto.

Para evitar que os leitores percorram um caminho mais longo, e com muitas pedras no sapato, preparei-vos uma publicação com dicas que resultam de muitos ensaios. Sendo assim, se as seguirem à risca, garanto que irão obter a massa de tarte dos vossos sonhos e a que, para mim, considero a mais interessante.

 

Ingredientes para dois discos de massa

  • 400 g de farinha sem fermento
  • 1 1/4 colher de chá de sal fino
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 90 g de manteiga sem sal refrigerada
  • 150 g de banha refrigerada
  • 120 ml de água gelada ou vodka gelada *

*a vodka é constituída por 40%de álcool, ingrediente que impede que o glúten se forme na massa, deixando-a folhada e tenra

Preparação Tradicional

  1. Misture a farinha e o sal numa tigela. Acrescente a manteiga e a banha.
  2. Com recurso a um cortador de massa ou a dois garfos, misture a massa até que fique granulada. Não há problema se tiver a ver-se pedacinhos de manteiga.
  3. Junte a água gelada aos poucos e mexa com uma espátula ou colher de pau. Não trabalhe demasiado a massa.
  4. Transfira a massa para uma superfície enfarinhada. Com as mãos enfarinhadas, amasse deixando que a massa absorva a farinha da bancada e mostre que se desprende das mãos.
  5. Corte a massa em duas partes iguais.
  6. Faça duas bolas e transforme-as em discos. Envolva-os em película aderente e leve a refrigerar um mínimo de 2 horas (Poderá manter a massa refrigerada até 5 dias ou optar por congelá-la, até 3 meses).
  7. Retire a massa do frio e coloque cada disco numa superfície enfarinhada. Enfarinhe as mãos e o rolo.
  8. Comece pelo centro da massa e vá esticando, levantando a massa, andando com ela de roda, à medida que a vai esticando, sempre do centro para as extremidades. Adeqúe o formato ao recipiente onde vai fazer a tarte. É natural que, à medida que vá esticando a massa, os bordos apresentem algumas rachas.
  9. Unte uma tarteira (normalmente utilizo de vidro, porque assim consigo monitorizar a cozedura das laterais e da base) e transfira o primeiro disco de massa. Aconchegue ao prato e com um garfo, pique o fundo da massa.
  10. Encha com o recheio e cubra com o outros disco de massa.

Notas.

  • Se quiser aprender a frisar os bordos da massa veja este vídeo.
  • Se pretender fazer decorações no cimo da massa, poderá fazer três discos de massa, deixando o terceiro para o efeito. Terá apenas de acrescentar as quantidades acima propostas.
  • Não se esqueça que um dos segredos desta massa está nos ingredientes refrigerados e na água gelada.
  • Não se esqueça, também,  de pré-aquecer o forno. Esta massa para ficar deliciosa tem de ser colocada em forno muito quente.

Recheio

Ingredientes

  • maçãs reineta e pink lady ( partes iguais)
  • sumo e raspa de meio limão pequeno
  • sultanas douradas embebidas em vinho do Porto
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 colher de café rasa de noz moscada em pó
  • 1/2 colher de café rasa de cardamomo em pó
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 5 colheres de café de manteiga
  1. Descasque as maçãs e corte-as aos cubinhos. Regue-as com sumo de limão para que não oxidem. Reserve.
  2. Leve as sultanas a ferver com o vinho do Porto. Deixe-as arrefecer ligeiramente.
  3. Misture o açúcar com a canela numa tigela.
  4. Faça camadas de maçã, açúcar e canela e sultanas. Termine com raspa de limão e com o vinho do Porto que sobrou das sultanas. Nivele o recheio e coloque por cima os pedacinhos de manteiga.
  5. Cubra com a massa e una as pontas da massa de baixo com a de cima para evitar que o recheio escape e invada a decoração.
  6. Decore a gosto. Eis aqui algumas ideias bem giras. Para a decoração da minha tarte, inspirei-me numa tarte deste vídeo.
  7. Pincele a tarte com gema de ovo e leve a cozer em forno pré-aquecido e bem quente durante 30 a 40 minutos. O tempo de cozedura pode depender de cada forno.
  8. Para obter um efeito mais lustroso e yummy, pincele a tarte depois de cozida com geleia de maçã.

bdr

bty

One Reply to “Tarte de maçã com peru assustado”

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: