Tangerine Marmelade…um aproveitamento das cascas das tangerinas

Scroll down to content

Esta é a época das tangerinas e das laranjas, frutas tão aromáticas e saborosas. Uso-as em sumos, marinadas de peixe e carne, em rebuçados, e até em sopa e em risotto. Já experimentaram creme de cenoura com sumo de laranja e risotto de tangerina?

Motivada pelas amigas Melga Melguinha e Marta Dionísio, esta última a nossa Intrusa na Cozinha, que dinamiza um passatempo mensal dedicado a tópicos diversificados, onde destaca a laranja e convida à reprodução de receitas com este fruto, resolvi, com o que de mais há agora por cá, as tangerinas, implementar a receita de Orange Marmelade, mas na versão tangerina.

Nesta receita, o único aspeto mais trabalhoso prende-se com a separação da camada branca das cascas, para que se utilize apenas a parte alaranjada, evitando assim que a compota fique amarga. Use uma faquinha bem afiada e comece do interior para o exterior da laranja. Desta forma vai retirando a camada branca e visualizando a camada laranja. Pode utilizar um descascador, mas nunca terá a mesma precisão e você terá sempre de eliminar restos de camada branca.

Ingredientes

  • 2 chávenas de tiras de cascas de tangerina já sem a camada branca do interior da casca
  • o interior de 10 tangerinas sem as sementes e a película que separa os gomos.
  • 3 chávenas de açúcar
  • 1 cálice de Cointreau
  • água para a cozedura das cascas (a quantidade suficiente para cobrir as cascas após colocadas no tacho)
  • 12 g de pectina (usei da marca Conti, + ou – metade da embalagem de 25g)

Preparação

  1. Descasque as tangerinas. Lave as cascas e comece por separar a camada branca das cascas de tangerina da parte alaranjada. Use uma faquinha bem afiada e comece do interior para o exterior da laranja. Numa tábua de corte, faça tiras fininhas até obter as duas chávenas.
  2. Coloque as cascas num tachinho e cubra-as de água. Deixe cozer as cascas até a água quase evaporar. Coe a água que sobrar desta cozedura, pois vai utilizá-la na receita.
  3. Entretanto, enquanto as cascas cozem, retire as sementes e a película que separa os gomos e corte aos pedacinhos. Aproveite o sumo que vai saindo, pois vai ser incluído na receita.
  4. Adicione o açúcar, o sumo, o cálice de Cointreau e a água coada às cascas, e deixe levantar fervura, mexendo sempre. Reduza o lume para médio e junte a pectina. Vá mexendo com alguma frequência, vigiando sempre até obter ponto de estrada (quando ao passar a colher de pau no fundo do tacho vir o fundo do mesmo). Este processo não demora mais de meia hora, pois a pectina, um gelidificante natural, extraído da maçã, ajuda a obter-se a consistência adequada.
  5. Esterilize os frascos (e as tampas) eencha-os com a compota ainda quente. Feche-os e vire-os ao contrário para iniciar o processo de vácuo.

Delicie-se com a marmelada de tangerina, acompanhando-a com tostas ou pão.

 

5 Replies to “Tangerine Marmelade…um aproveitamento das cascas das tangerinas”

  1. Costumo fazer Geleia de cascas de Laranja mas de tangerina nunca fiz e é tão aromática. Levo a receita para me deliciar logo que arranje as tangerinas. Obrigada pela partilha. Beijinhos da Bombom

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: