Compota de uva de cheiro com canela e cardamomo

Scroll down to content

Compota de Uva-de-Cheiro com Canela e Cardamomo

Esta é a uma das compotas tradicionais da nossa família. As outras são de amora e de figo. Todos os anos no fim do verão a cozinha era perfumada pelos aromas a compota. Ia-se às amoras, apanhavam-se as uvas e os figos. Reunia-se o açúcar necessário e o fogo fazia o resto. Hoje continua a ser assim mas com um toque de especiarias, uma homenagem à Rota das Índias.

compota de uva-de-cheiro

Ingredientes

3 kg de uva-de-cheiro sem grainhas

2 kg de açúcar branco

2 paus de canela

4 sementes de cardamomo esmagadas no almofariz

 

compota de uva-de-cheiro

Preparação
1. Lavar as uvas em várias águas até sair o pó ou alguma sujidade. Escorrer muito bem.
2. Cortar cada bago a meio e retirar as grainhas. Reservar.
3. Num tacho largo e alto colocar o açúcar, a uva e os paus de canela.
4. Deixar que levante novamente fervura. Baixar o lume para o mínimo.
5. Ao fim de cerca de hora e meia, juntar o cardamomo.
6. Deixar apurar até fazer ponto de estrada*1
1* atinge-se o ponto de estrada quando ao  passar uma colher de pau no fundo da panela, ou na porção de doce que colocarmos num prato,  se formar uma estrada que não se une de imediato.
7. Retirar os paus de canela.
8. Verter o doce ainda quente para frascos esterilizados. Fechar de imediato e virar os frascos ao contrário para que criem vácuo.
compota de uva-de-cheiro
Dica. Esta compota fica deliciosa com qualquer tipo de pão, mas é magnífica como cobertura de cheesecake.
E com esta receita participo na edição de Novembro de Dia Um…Na Cozinha, subordinada ao tema Compotas.
Logotipo Dia Um... Na Cozinha Novembro 2014
compota de uva-de-cheiro

Um doce fim de semana!

20 Replies to “Compota de uva de cheiro com canela e cardamomo”

  1. Olá Patrícia

    Gostei muito deste toque exótico. Acha que nos poderia doar um frasco de doce, isto porque eu e a Laura q. Brasil e julgo que secundadas pela Manuela Sales vamos fazer umas rifas, em que um dos prémios é um ” cabaz” de compotas, bolachas e outros doces, para ajudar a pagar uma conta de cuidados veterinarios ( medicamentos, operações, esterilizações, consultas) relativa a 28 gatinhos que recolhemos, estiveram em fat (alguns ainda estão) e a maioria já foi para adopção. Obrigado:) Bjs Elsa

    Enviado do meu iPhone

    No dia 01/11/2014, às 12:44, foodwithameaning escreveu:

    > >

    Gostar

  2. Patricia, adorei o teu doce! Tem uma cor soberba, rica e densa, e está muitissimo apetitoso! Consigo bem imaginá-lo, como sugeres, como cobertura de um cheesecake. Deve ser uma delícia!!
    Beijinhos

    Gostar

  3. Olá Patrícia,
    As tuas fotos estão lindas, apetece-me sentar à mesa e servir-me desse docinho que combina sabores excelentes.
    Adoro doce de uvas, mas nunca comi com canela e cardamomo, de certeza que iria adorar.
    Tenho uns pratinhos como os teus que eram da minha avó 🙂 são lindos.
    Bjns
    Isabel

    Gostar

  4. Patricia,

    E que seria de nós sem as maravilhosas especiarias da Rota das Indias…?
    Que seria das nossas confecções ? Decerto não seriam as mesmas, pelo que esta tua compota está altamente enriquecida com as mesmas !

    Além disso está absolutamente linda na sua cor e na sua textura… adorei as tuas fotos, como sempre adoro (embora nem sempre comente aqui, mas tu sabes…) e tenho a agradecer-te a tua companhia em mais este delicioso desfile ! 🙂

    Um grande beijinho *

    Gostar

  5. Olá Patricia, acho que já te disse que és perita em usar ingredientes que desconheço, o que faz com que aprenda sempre algo novo com as tuas receitas deliciosas… E como gosto disso! 🙂 Nunca tinha ouvido falar em uva-de-cheio.
    Esta tua compota está com um ar que dá vontade imediata de provar. Que delicia!!! 😉

    Bjinhos

    Gostar

  6. Bom dia!
    Também adoro compotas e cá por casa também temos umas tradicionais… por acaso a de figo é uma delas! Esta tua ficou com uma cor linda e textura bem apetitosa!
    Bjs e boa semana!

    Gostar

  7. Olá Patricia!
    Não conheço essa uva-de-cheiro, mas tenho a certeza que deve ser uma fruta muito boa. Essa compota dever ser divina, só pela cor já me deixou a qui a desejá-la. E depois ainda é perfumada pelo cardamomo e pela canela, ai jesssuuus, que coisinha mais boa. Não percas nunca essa tradição de familia e passa-a à geração seguinte, pois tens aí um tesouro. 😉
    Um beijinho.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: