A ideia de fazer pão de inhame surgiu há alguns dias. Tinha curiosidade em ver como me sairia, como saberia o pão, com que textura ficaria. O pão tem vida própria e o fermento, bem como a forma como o preparamos, faz toda a diferença no produto final. Por isso é que digo que fazer pão é mesmo uma aventura. 

O inhame é um tubérculo que integra alguns dos pratos salgados da gastronomia tradicional açoriana. Curiosamente, o mesmo não tem sido aplicado no pão, como desde cedo aconteceu com a batata-doce. Creio que os gastrónomo açorianos e os chefs têm andado distraídos em relação ao potencial deste tubérculo, que apresenta textura e sabor diferente de ilha para ilha, influenciado pela espécie e pela tipologia dos solos. 

Com esta publicação, pretendo apresentar uma confecção com inhame, integrando a sua pasta no pão, mas múltiplas aplicações já estão a pulular na minha mente. Em breve, publicarei mais receitas com este tubérculo.

Para o pão de inhame

  • 250 g de inhame cozidos
  • 4 e 1/2 chávenas de farinha de trigo T65 (usei a medida de cup)
  • 1 chávena de água morna
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (chá) de sal
  • 120 g de açúcar
  • 1 ovo inteiro
  • 1 gema para pincelar
  • Sementes de sésamo
  • Sementes de papoila 

Para o fermento:

  • 14 g de fermento granulado
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 50 ml de água morna

Comece por fazer o fermento na tigela onde irá fazer o pão, misturando os ingredientes respetivos. Tape com película aderente e aguarde 20 minutos até que aumente de volume e apresente bolhas. 

Bata no liquidificador o inhame cozido, a água, o ovo, o sal, o açúcar e a manteiga, até obter uma pasta homogénea.

Coloque a mistura do liquidificador na tigela do fermento já levedado e vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, misturando com recurso a uma espátula de pão. 
Sove a massa mesmo dentro da tigela só até misturar bem e a mesma se apresentar lisa e a descolar da tigela. 

Faça bolas com o mesmo peso. Use uma balança (fiz 9 bolas de 133 g cada). 

Coloque-as no tabuleiro que irá ao forno, forrado com papel vegetal. Cubra com película aderente e deixe que aumentem de tamanho (30 minutos a 1 hora) 

Antes de colocar no forno, pincele os pãezinhos com gema de ovo e finalize com sementes de sésamo e de papoila. 

Leve ao forno pré-aquecido, a 200 °C e coza durante 25 minutos ou até ficar dourado.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: