Tarte de amêndoa para Dia de Reis

Scroll down to content

Depois de uma série de cinco workshops que dinamizei no mês de dezembro e de dez dias de férias longe de casa, de tachos e panelas, sabe bem, no regresso, arranjar novos argumentos para estar na cozinha. Neste caso, tratou-se de aproveitar uma base de massa folhada em aproximação do fim do prazo de validade. Tendo em conta que o Natal é sempre uma época de de algum exagero alimentar, queria que o recheio da tarte fosse saboroso, mas pouco calórico. Optei pelo leite creme, que fiz no robô de cozinha. Finalizei com amêndoa laminada torrada. Esta é mesmo uma sobremesa muito fácil e deliciosa para comemorar o Dia de Reis.

Esta é a sobremesa do “desconsolo de uma coisa doce”. Caseira e pronta em 12 minutos. Nada mais fácil!
A receita que vos deixo é um clássico da Bimby e consta do livro básico. No entanto, apresento-a numa versão mais light, mas igualmente deliciosa, garanto-vos. Recorri, porém, a uns pequenos truques na sua confeção. Substituí a maizena por custard powder, as 6 gemas por dois ovos inteiros e também reduzi no açúcar. A receita original oferecia 200 g, mas utilizei apenas 120 g.

Leite creme light

1 litro de leite (usei magro)
2 ovos inteiros
120 g de açúcar
40 g de custard powder (farinha de custard)
aroma de baunilha
1 pau de canela
Açúcar mascavado para polvilhar

Preparação em robô de cozinha (bimby)

Juntam-se todos os ingredientes, pela ordem indicada, exceto o pau de canela. Utilizo os ovos inteiros, mas não ficam vestígios de clara. Esta dilui-se no creme (é mais saudável do que a gema).Programa-se 15 segundos, velocidade 3 1/2. Adiciona-se o pau de canela e programa-se 12 minutos, 90 graus, velocidade 2. Retira-se o pau de canela e coloca-se de imediato o leite creme numa tigela a arrefecer.

Preparação Tradicional do leite creme

Colocam-se os ovos, o aroma de baunilha, o pau de canela e o açúcar num tacho e mistura-se bem. Vai-se juntando o leite e a maisena ou a farinha de custard (se optar por ela) aos poucos e continua-se a mexer até estar tudo dissolvido. Liga-se o fogão em lume médio e, sem nunca deixar de mexer o preparado com uma colher de pau, espera-se pacientemente que o creme coza e engrosse. Quando começar a querer borbulhar, desliga-se o fogão e está pronto.

Para a tarte irá precisar de uma base de massa folhada retangular, se a forma que utilizar for retangular. Mas poderá fazer em forma circular. Disponha a massa na tarteira e, com um garfo, pique o fundo da massa para evitar que empole durante a cozedura. Verta o creme em cima da massa e cubra com amêndoa laminada torrada. Leve ao forno até cozer a massa folhada. Sirva a tarte ainda morna.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: