Quem vive numa ilha sente o fenómeno da insularidade de perto mas é ao mesmo tempo confortado pela constância da dualidade mar/campo.

Uma tarde passada com os pés na água e com os olhos no Monte Brasil ao fundo.

Uma tarde de descanso na Poça dos Frades e com cheiro a maresia.



Uma tarde que apelou ao primeiro banho de mar por entre as rochas nas águas calmas e convidativas.

Uma tarde com direito a banhos de sol e a bricandeiras com os mais novos.

Uma tarde que deu frutos.

Prometo que mais logo trago as receitas e as respetivas fotos. Deixo apenas o nome dos pratos confecionados, para aguçar o apetite.

Entrada: lapas grelhadas
Prato principal: salmonetes grelhados em molho de manteiga e cebolinho
Acompanhamento: arroz de frutos do mar

8 Replies to “Por agora…o Mar.”

  1. É verdade que muitas vezes nos sentimos isolados, no meio do mar, mas são estes momentos que nos confortam e que fazem ver o lado positivo de viver numa ilha, com o mar bem acessível. Por cá também houve quem se aventurasse a tomar banho. Eu contentei-me em passear à beira-mar e a aproveitar o sol!

    Gostar

  2. Estava curiosa para ver o post… e nem consigo imaginar os banhos. Deste lado do atlântico parece Inverno, vento que nunca mais acaba, frio e alguma chuva. Bela pescaria! No Verão também costumamos ir apanhar lapas, preceves e mexilhão. Sabe tão bem comer o que apanhamos com as nossas mãos. Boa semana.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: